03/07/17

 




Mário Augusto da Silva (1901-1877): uma fotobiografia - Coimbra, IHCT/MNCT, 2001. Coordenação de Paulo Renato Trincão e Nuno Gomes Ribeiro. In-4.º; de 260 págs. Profusamente ilustrado. 
Cartonado € 27,50
Mário Augusto da Silva nasceu a 7 de Janeiro de 1901 em Coimbra, na freguesia de Almedina.
Aos nove anos, após a conclusão do ensino primário, entrou para o Colégio de São Pedro, onde fez os primeiros três anos do ensino secundário. Passou depois para o Liceu José Falcão. Desde muito novo que escrevia contos e poesia, e aos 14 anos começou a colaborar no jornal O Dever, de Montemor-o-Velho, escrevendo contos, reportagens de congressos
pedagógicos, descrições de passeios e visitas, e versos. Os seus melhores resultados escolares verificavam-se em Matemática e Físico-Química. Quando estava no sexto ano decidiu dedicar-se mais ao estudo da Física e, como o ensino no Liceu era quase exclusivamente teórico, inscreveu-se num curso nocturno experimental de mecânica e electricidade, dirigido pelo professor da Universidade e director da Escola Brotero, Francisco Martins de Sousa Nazareth. Acabou o Liceu com dezasseis anos de idade, com a classificação final de 19 valores. Concluído também o curso experimental na Escola Brotero, foi convidado pelo professor Francisco Nazareth para ser seu assistente.
(...)
Em Paris foi convidado por Madame Curie a trabalhar no seu laboratório pessoal para trabalhar com o seu assistente.
Faleceu em 13 de Julho de 1977.
(ler mais)

Sem comentários: