04/09/16

Maria Isabel Barreno (1939-2016)




Maria Isabel Barreno, morreu este sábado, aos 77 anos.

Foi uma das autoras das Novas Cartas Portuguesas, obra censurada pelo Estado Novo.


Recebeu diversas distinções, entre as quais o Prémio Fernando Namora, pelo romance Crónica do Tempo (1991), o Prémio Camilo Castelo Branco e o Prémio Pen Club Português de Ficção, pelo livro de contos Os Sensos Incomuns (1993), e em 2004 foi feita Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.



 

Sem comentários: