24/12/15

Canto dos Pastores
Pastorinhas do deserto
É pois certo
Que a noite de Natal
Num curral
Baixou o filho de Deus
Lá dos Céus!

Quem nos deu tanta alegria?
Foi Maria!
E quem nos deu tanta luz?
Foi Jesus!
Onde nasceu tanto bem?
Em Belém!

Quem de Mãe tem primazia?
É Maria!
Quem stá em palhas de feno? 
É o pequeno!
Quem do pequeno pai é?
É José!

Quem à graça nos conduz?
É Jesus!
Quem fêz a terra e os Céus?
Foi só Deus!
Cantemos os seus louvores
Ó pastores!

Recolhida no Ribatejo em 1879, por Pedro Fernandes Tomás. 
Cantava-se por ocasião do Natal.

in O Natal Português. Lisboa, Edições Dois Mundos, 1944, p. 27-28.

5 comentários:

MJ FALCÃO disse...

Bom Natal, amigas! Que o Menino Jesus lhes traga muitas prendas!

bea disse...

Muito bonita, a letra da canção. Boas Festas:)

Anónimo disse...

Desejo Bom Ano Novo de 2016 para a Livraria Lumiere. Embora eu tenda a ser um consumidor de papel impresso cada vez mais débil, devido fundamentalmente à minha pegada ecológica ser já, nesta matéria, um tanto relevante, para não dizer exorbitante, está a amizade.

Carlos Sambade

ana disse...

Muito bonito este "Canto dos Pastores".
Desejo tenha sido tranquilo e feliz.
Beijinhos.:))

Cláudia Ribeiro disse...

Foi um Bom Natal, Maria João!
Tranquilo e em família.
Beijinhos.:)


Bea,
Fico satisfeita que tenha gostado!
Boas Festas também para si.


Carlos Sambade,
A amizade está em primeiro plano, é verdade!
Já são vários os anos de "cumplicidade"!


Ana,
O Natal foi feliz e tranquilo, como se quer!
Espero que o seu também!
Beijinhos.:))