03/10/15

Morreu José Vilhena


Cartoonista, humorista, escritor e pintor. Quatro condições interligadas na vida e obra de um homem que, desde a década de 1950, se dedicou a satirizar, sem poupar ninguém, dos poderosos ao povo oprimido, a realidade política e social do país em que nasceu. Antes da Revolução de Abril viveu com a censura à perna de forma quase ininterrupta, ou não tivesse assinado quase seis dezenas de livros, todos censurados, todos vendidos ao seu público fiel por baixo da mesa nas tabacarias. (daqui)

José Vilhena, de 88 anos, fundador das revistas O Moralista e Gaiola Aberta, morreu hoje, em Lisboa, no Hospital de S. Francisco Xavier, vítima de doença prolongada.(daqui)


2 comentários:

ana disse...

Também li, Cláudia.
Beijinho e boa semana.

Cláudia Ribeiro disse...

Ana,
Quer se goste ou não, José Vilhena é uma referência na caricatura e na sátira!
Quanto mais poderosos mais ele satirizava!

Um beijinho.:))