01/09/14

Manuela de Azevedo

Manuela de Azevedo, jornalista e escritora nascida em Lisboa a 31 de Agosto de 1911, foi a primeira mulher, em Portugal a receber a carteira profissional de jornalista. No jornal República, trabalhou como redactora e na revista Vida Mundial foi chefe de redacção no período de 1942 a 1945.


Fundou e dirigiu a Casa-Memória de Camões, em Constância. Foi ainda professora, crítica de arte e escritora, numa vida dedicada à causa pública.
Autora de dezenas de livros entre poesia, conto, novela, ensaio, biografias, crónicas, romance e peças de teatro. Tendo recebido o Prémio Fialho de Almeida com o livro Filhos do Diabo. (daqui)

Completou ontem 103 anos.

 

7 comentários:

Isabel disse...

Que maravilha!

Um beijinho e boa semana de trabalho. Também já estou de regresso ao trabalho:)

ana disse...

101 anos. Uma idade de respeito.
Obrigada pela partilha.
Feliz regresso aos livros. :))
Beijinho.:))

Cláudia Ribeiro disse...

É verdade, Isabel, de volta ao trabalho!

Um beijinho e uma boa semana.:))

Cláudia Ribeiro disse...

Ana,

Manuela de Azevedo celebrou 103 anos...
Actualmente, pouco se fala nela, mas tem um percurso notável e uma obra vasta.

Um beijinho.:))

MR disse...

Parabéns à Manuela de Azevedo.
E tb à Lumière. :)

Cláudia Ribeiro disse...

Obrigada, MR!

Boa tarde.:)

Anónimo disse...

Pouco sabia desta "Senhora". Por isso como lhe estou agradecida. Agradecida e cheia de vontade de saber mais. Uma boa forma de atiçar o conhecimento, querida Amiga. Vou pesquisar e obter algumas das suas obras. Há, na Lúmière?

Que bom que ainda vive A Manuela Azevedo.
Os meus aplausos para ela e para si, que a mostrou desta forma e deste jeito.
Maria José Areal (amiga da Lúmière e de si)