16/06/16



Melo, Guilherme de - Menino Candulo, senhor comandante... - um conto de... Lourenço Marques, imprensa Moderna, 1974. In-8.º; de 47 págs. Enriquecido com belos desenhos em folhas à parte.
Br. € 25,00

Exemplar estimado.

"A presente obra é a sua primeira experiência no sector de literatura sobre temas moçambicanos, da actualidade, para as crianças da sua terra".

RARO.


 
O livro, dirigido às crianças, tem uma linguagem crua sobre a guerra e o conflito que opôs o exército português e a FRELIMO.

Guilherme de Melo relata a odisseia de um grupo de crianças que são raptadas por um contingente de guerrilheiros e levadas para a Tanzânia.

Ali são alvo de educação política - lavagem ao cérebro, em que o comissário político lhes incute que os portugueses não são bons. As crianças não acreditam, porque no dia a dia verificavam que as autoridades as protegiam.

Decidem fugir e são recuperadas por uma patrulha militar portuguesa que os transporta até à sua aldeia.

É um classico da guerra colonial, com uma linguagem crítica contra a FRELIMO, plano que o autor sempre adoptou, até ao final da presença portuguesa naquela antiga colónia. (daqui)

2 comentários:

Anónimo disse...

Temáticas infantis, são sempre para valorizar.
Os autores têm imensos cuidados na escrita e na mensagem.
Abraços
Mjarela

Cláudia Ribeiro disse...

Tal acontece nesta obra, Maria José.
De maneira simples, o autor tentou elucidar os jovens sobre a guerra colonial.
Uma obra curiosa!